segunda-feira, 9 de março de 2015

Conheceste demasiada gente
apagaram-se demasiados fogos
A mantilha nacarada do escuro 
transporta doravante esses aflitos
tomados de fome são um cisco inquieto
birrentos sôfregos de silêncio
desprezando segredos faltas imberbes
Abandonado o lugar dos frutos 
nas fases mais duras do corpo
Dos dias resta a lâmina de luz
que diz dos nossos rostos
que já foram outros acidentados
cientes do seu labor marinho

Sem comentários:

Enviar um comentário