quarta-feira, 27 de novembro de 2013

O CRIMINOSO DA MODA


Ogni tempo ha il suo fascismo.
                    PRIMO LEVI


O criminoso não é
a soldadesca de Hitler
agora, o criminoso

da moda seduz: à cama
leva nos braços a vítima,
ameaça a céu aberto

sob o sol primaveril.
Primeiro beija, de Judas
aperfeiçoou a técnica

do cânone, truques novos
tem também de malas-artes.
Lança minhoca, sorri

como quem coita não quer,
tudo faz de olhos cerrados
— só depois os cães açula.

José António Almeida
in Obsessão (&etc).

Sem comentários:

Enviar um comentário